Lista Suspensa de 3 maneiras diferentes

Lista Suspensa ou Drop Down List, é um agrupamento de nomes pré-definidos que podem ser selecionados em uma célula, que assume algumas propriedades de uma caixa de listagem.

O uso de uma Lista Suspensa pode ter por finalidade:

    • Limitar o número de opções de nomes para seleção em uma célula;
    • Restringir a inserção de dados diferentes dos disponíveis para seleção;
    • Proporcionar uma maior agilidade na alimentação de informações;
    • Garantir uma padronização dos dados;
    • Possibilitar a criação de fórmulas dinâmicas.

Dividiremos as 3 maneiras de se criar uma Lista Suspensa da seguinte forma:

    • Lista Suspensa com declaração simples de nome
    • Lista Suspensa com declaração simples de intervalo
    • Lista Suspensa com declaração de intervalo nomeado

Cada uma das formas de criação da Lista Suspensa possuem vantagens e desvantagens, comentaremos estes pontos adiante.

1. Acessando a Lista Suspensa

Sendo o acesso à Lista Suspensa comum nas 3 maneiras, apresentaremos um passo a passo para este “caminho”.

1ºPasso


Selecione uma célula ou um intervalo, no qual, deseja-se aplicar as propriedades da Lista Suspensa.

Lista_4

2ºPasso


Selecione a guia Dados (1), na sequência Validação de Dados (2) no grupo “Ferramentas de Dados”  e clique em Validação de Dados…(3).

Lista_1

Dica: Como atalho para acessar a Validação de Dados, clique Alt+S+V+V, perceba que após digitar Alt será exibido um leque de opções de atalhos, no menu superior.

3ºPasso


Na guia Configurações selecione na caixa Permitir a opção Lista.

Lista_2

Após selecionar a opção Lista, visualiza-se a tela de configurações desta, no campo Fonte serão declaradas as informações necessárias para criação da Lista Suspensa.

Lista_3

2. Criando uma lista Suspensa

A referida Lista Suspensa, já pronta, é apresentada a seguir, para não tornar esta informação repetitiva nos demais tópicos.

Lista_6

2.1 Lista Suspensa com declaração simples de nome


Esta lista consiste na declaração de nomes diretamente no campo Fonte, sendo estes separados por ponto e vírgula,”;”, como ilustra a imagem a seguir.

Lista_5

2.2 Lista Suspensa com declaração simples de intervalo


Esta lista consiste na declaração de um intervalo no campo Fonte, como pode-se observar na imagem logo abaixo.

Lista_7

2.3 Lista Suspensa com declaração de um intervalo nomeado


Esta lista é muito parecida com a anterior, no entanto, o que a difere é a nomeação do intervalo, $G$2:$G$6, que receberá o nome, “Turma_Excel”.

1ºPasso


Selecione o Intervalo de Dados, na guia Fórmulas o Gerenciador de Nomes e clique em Novo para criar um nome ao intervalo.

Lista_8

2ºPasso


Na tela Novo Nome, dê um nome ao intervalo selecionado.

Lista_9

Para se definir um nome no Gerenciador de Nomes deve-se ter em mente as seguintes regras:

    • O primeiro caractere deve ser obrigatoriamente uma letra, sublinhado”_” ou barra invertida “\”;
    • Não são aceitos espaços entre palavras, substituir por sublinhado;
    • Não são aceitos nomes que possam provocar algum conflito interno, como um intervalo ou célula;
    • Um nome pode conter até 255 caracteres;
    • Não é diferenciado letras maiúscula de minúscula.

3ºPasso


Declare no campo Fonte o nome, “Turma_Excel”, como mostra a imagem abaixo.

Lista_10

3. Vantagens e Desvantagem de cada maneira

A tabela a seguir mostra as vantagens e desvantagens de cada maneira, sendo o nível de organização o grau de refino e padronização da Lista Suspensa.

Lista_12

Espero que tenham gostado, bons estudos!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: